Os melhores filmes de 2019 – A lista

O último ano da década trouxe nas produções do cinema uma dose maior que a costumeira de fórmulas e enredos bem conhecidos. Analisar 2019, sob essa visão, é se frustrar com falta de originalidade nas grandes produções. Numa década em que os blockbusters, em especial da Disney/Marvel, dominaram bilheterias, pareceu mais lógico e seguro aos realizadores manter fórmulas que já funcionaram. Adicionando um ou outro elemento novo e significativo vemos mais uma vez filmes sobre as Guerras Mundiais do século passado (1917, Uma Vida Oculta, Jojo Rabbit), máfia (O Irlandês), nostalgia dos anos 60 (Era uma vez em Hollywood), romances do século XIX (Adoráveis Mulheres). Por isso, que obras como a ficção sul coreana Parasita, altamente crítica e analítica à nossa sociedade atual ou um falso documentário sobre uma lenda musical se sobressaem e estão no topo da minha lista de preferidos. Além desses, peças de originalidade tais quais A Despedida (outro de origem asiática), História de Um Casamento, Joias Brutas, Um Lindo Dia Na Vizinhança ou Nós merecem igualmente destaque. Os meus favoritos de 2019 são:

  • Melhor Filme: Parasita 
  • Melhor Diretor: Bong Joon-Hoem Parasita
  • Melhor Ator: Joaquim Phoenix em Coringa
  • Melhor Atriz: Lupita Nyong’o em Nós 
  • Melhor Ator Coadjuvante: Al Pacino em O Irlandês
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Shuzhen Zhao em A Despedida
  • Melhor roteiro: Parasita
  • Melhor montagem: 1917
  • Melhor trilha sonora: Coringa 
  • Melhor Fotografia: 1917
  • Filme mais superestimado: O Escândalo
  • Piores filmes do ano: Tolkien, X Men: Fênix Negra

 

E o top15 do ano:

15 – Uma Vida Oculta, de Terrence Malick

14 – Adoráveis Mulheres, de Greta Gerwig

13 – Em trânsito, de Christian Petzold

12 – História de um casamento, de Noah Baumbach

11 – Joias Brutas, de Josh e Ben Safdie

10 – Um lindo dia na Vizinhança, de Marielle Heller

9 – Midsommar: O mal não espera a noite, de Ari Aster

8 – Nós, de Jordan Peele

7 – Dois Papas, de Fernando Meirelles

6 –Fora de série (Booksmart), de Olivia Wilde

5 – O Irlandês, de Martin Scorsese

4 – A Despedida (The Farewell), de Lulu Wang

3 – Era uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino

2 – Rolling Thunder Revue, de Martin Scorsese

1 – Parasita, de Bong Joon-Ho

Internet, Bob Dylan e o melhor vídeo de 2013

Pra ser sincero, a internet continua nos surpreendendo. Depois do lançamento do disco do Arcade Fire com clipe interativo feito em parceria com o Google (Chrome), que pode ser acessado aqui, eis que temos mais uma prova de como é (e será) a percepção da internet e a interação dela com seus usuários finais: o videoclipe interativo de Like a Rolling Stone, célebre canção de Bob Dylan.

Simples assim: o vídeo mais fascinante de 2013 ! 

O vídeo sensacionalmente imita uma televisão onde em todos os canais os atores/personagens cantam a música de Dylan. Para ficar mais claro: são canais que simulam o History Channel, BBC, ESPN, MTV, entre outros, onde TODO MUNDO canta Like a Rolling Stone. (*tem até o clipe original da música).

Um trabalho formidável para divulgar a nova coletânea de Bob Dylan que será lançada para comemorar seus 47 anos de carreira.

Para trocar os canais da televisão é só usar as setas direcionais “para cima” e “para baixo”.

Veja o exemplo do vídeo e clique em “Watch the full interactive video” para poder brincar de trocar de canais e curtir a mágica desse vídeo !